Essas nossas voltas…

Essas nossas voltas…

“Olhos fechados
Pra te encontrar
Não estou ao seu lado
Mas posso sonhar
Aonde quer que eu vá
Levo você no olhar”

 

Já dizia a canção, carrego você comigo pelas ruas, caminhando por aí e tentando te deixar em algum canto qualquer que eu não vá mais voltar. Mas tudo que eu consigo é achar um pouquinho mais de você por onde eu passo, as esquinas dessa cidade estão impregnadas de você. 

Eu ainda consigo reconhecer à quilômetros de distância o cheiro inconfundível do seu perfume misturado com cigarro, e as músicas que tocam no rádio me transportam pra uma dimensão que um dia já foi só nossa. 
Continuo escrevendo sobre nós pra fugir das palavras não ditas quando você passa por mim.
Me pego me perguntando porque depois de tantas voltas que a vida dá sempre voltamos pro mesmo lugar. Continuamos nessa corda bamba, caminhando e puxando de ambos os lados, até que alguém caia ou estenda a mão. 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s